BI(EXISTE): se afirmar bissexual é um ato revolucionário

BI(EXISTE)! Neste 23 de setembro, Dia da Visibilidade Bissexual, declaro abertamente que sou bi. Nunca tive essa “necessidade” pois – na minha cabeça – poderia ficar/estar com quem quisesse e isso só dizia respeito a mim. Mas tenho estudado e lido muito sobre isso e, enquanto militante de causas relacionadas ao corpo e gênero, sempre defendi que a denominação de certas coisas e conceitos servem muito para demarcar espaço como forma de resistência.

Continue lendo “BI(EXISTE): se afirmar bissexual é um ato revolucionário”