Aila Menezes sofre novo ataque gordofóbico: ‘olho para dar risada’

A cantora baiana Aila Menezes, que ganhou projeção ao participar do programa The Voice Brasil, já algum tempo tem servido de inspiração para milhares de pessoas – principalmente mulheres – no quesito amor-próprio. Nas suas redes sociais, a artista compartilha textos e imagens sobre o processo de aceitação e entendimento do seu corpo.

Mas, vira e mexe, alguém aparece para disseminar ódio contra a cantora. Na última semana, a situação ficou ainda mais séria: Aila, mais uma vez, foi vítima de cyberbullying, a violência virtual. Uma internauta a agrediu com palavrões gratuitos e ainda a ameaçou. “Ela me agrediu gratuitamente e começou a disseminar ódio. Me xingou, disse que entreava meu perfil para dar risada e muito mais. Depois, ainda criou um perfil fake e comecou a me caluniar. Ou seja, além do preconceito, da gordofobia, ela falou um monte de mentiras sobre mim”, contou a cantora. Ela disse ainda que vai tomar medidas legais sobre o caso.

Na situação, Aila chegou a mostrar para seus seguidores a conversa com a mulher, que inclusive chegou a frequentar a mesma instituição religiosa que ela. “Ela me disse palavras tão duras e perversas que fiquei imaginando… Como uma pessoa pode parar sua vida para agredir alguém pelo simples fato dessa pessoa (eu) estar gorda? Ela veio ao meu perfil distribuir tanto ódio pelo fato de eu ter engordado e de eu ser feminista que eu me assustei! A maldade não tem face, não tem cor, não tem gênero, nem classe social! (…) Não aceito e não silencio! Chega! Não deixarei mais essas coisas nos bastidores por medo de exposição! (…) Vamos  falar sobre bullying, preconceitos e todas as coisas que machucam e ferem as pessoas!”, escreveu a cantora em uma postagem.

Esse tipo de violência – praticada contra através da internet ou de outras tecnologias relacionadas – é considerada cyberbullying, porque um alguém utilizou-se do espaço virtual para intimidar e hostilizar uma outra pessoa, difamando, insultando ou atacando covardemente.

Há algum tempo Aila defende que cada mulher deve se sentir bem com seu próprio corpo. Em uma postagem feita em junho, a cantora postou uma foto sentada, sem roupa, em um tapede vermelho, em protesto contra a gordofobia.

“Pra mim, mulher linda, é a mulher que ama seu próprio corpo! Seja ele como for! Mulher gostosa é aquela que aceita e desfruta do próprio corpo, tendo ele como seu maior aliado! É a mulher que não tem medo das suas curvas. Seja ela super magra, magra, saradona, gorda ou muito gorda”, escreveu. Confira outras postagens inspiradoras da cantora.

#FORAGORDOFOBIA Amo cada pedaço meu! Cada parte, cada registro, cada marquinha! Cada curva, cada dobra, cada defeito, cada qualidade! Meu corpo é exatamente o registro da minha caminhada. Cada alegria, cada tristeza, cada realização, cada frustração, cada superação! Eu me amo, e amo quem me tornei! Nada nem ninguém vai me colocar no modo silencioso mais. Este corpo que me decora, que me encoraja, que me faz humana, que me ensina tanto da vida! Esse corpo que tem marcas, cicatrizes, registro da mulher que lutei pra ser. Esse corpo que muda a cada dia, que envelhece, mas me enobrece a alma. Esse corpo que é apenas a casca de tudo que sou, e de tudo que habita em mim! Esse corpo que ganhei de presente de Deus! Corpo que me faz feliz, que me faz ter a certeza de que um dia ele não estará mais aqui! Esse corpo feito de carne e osso, que reflete no espelho e vejo nele cada detalhe do que fui um dia! Esse corpo que amo. Que sigo plantando e aceitando! Esse corpo que é o mais perfeito para decorar a minha alma! Esse corpo que me fez mulher, forte e inteira. Esse corpo que não me envergonha, que me faz dançar e ser movimento! Esse corpo que é em sua maior essência livre. Esse corpo que se despedirá de mim um dia, e deixará explicito para mim que ele serviu mesmo para decorar a minha alma e o meu coração de flores, passando pela vida desfilando! Esse meu corpo vai passar! A minha essência ficará! Será eterna! Hoje sou o mais feliz que posso com esse corpo! Nunca estive tão feliz e tão inteira na vida. Esse corpo finalmente me fez entender que somos todos muito grandes para sermos resumidas em matéria! Somos muito além dos nossos corpos! Muito além do que os outro vêem! Muito além dos que nos dizem… somos ainda mais, quando nos encontramos em nós mesmas, e amamos mais a nossa alma! #ailamenezes #brasil #brazil #plussizefashion #plussizeworldwide #plus #plussize #plussizebrasil #belezaplus #belezaplussize #modaplus #modaplussize #plusmodel #plussizefashion #plusfashion #cachos #cacheada #curl #curls #body #bodypositive #bodypositivy #tamanhogg #curvy #Curvysexy #curvymodel #curvywoman

Uma publicação compartilhada por ᗩIᒪᗩ ᗰEᑎEᘔEᔕ (@ailamenezes) em

Imagine se amanhã todas as mulheres acordassem amando seus corpos e suas histórias?! CERTAMENTE, MUDARÍAMOS O MUNDO! Ande, flutue, passe, dance e desfile! Mulheres oprimidas nunca fizeram história. Não tenha medo de ser quem você é. Não tenha medo do seu corpo, do seu cabelo, da cor dos seus olhos, do tamanho seu nariz, das suas estrias, e das celulites! Ouse, abuse, use, grite! Você é única! Corpos, decotes, roupas, e dinheiro, não definem pessoas! Seja o que você quiser! A hora que quiser! Como quiser! E onde quiser! Quero arrepios ao invés de opressão! Sorrisos ao invés de lágrimas! Beijos ao invés de pedras! Prazer ao invés de angústia! FELICIDADE E LIBERDADE AO INVÉS DE RÓTULOS E EXCLUSÕES! #ailamenezes #brasil #brazil #plussizefashion #plussizeworldwide #plus #plussize #plussizebrasil #belezaplus #belezaplussize #modaplus #modaplussize #plusmodel #plussizefashion #plusfashion #cachos #cacheada #curl #curls #body #bodypositive #bodypositivy #tamanhogg #curvy #Curvysexy #curvymodel #curvywoman

Uma publicação compartilhada por ᗩIᒪᗩ ᗰEᑎEᘔEᔕ (@ailamenezes) em

Não é nada simples ser ou estar gorda na sociedade que vivemos! Principalmente quando a lembrança que as pessoas têm da gente, é “dentro do padrão”. As pessoas são indelicadas e muito cruéis as vezes. Hoje vivi uma experiência, que fiquei triste! Por mais empoderada e resistente que eu seja… eu na hora fiquei triste! Estava com minha mãe e encontrei uma ”amiga” dela, que não nos encontrava fazia um bom tempo. Ela cumprimentou minha mãe, me observou dos pés a cabeça durante um tempo, e fingiu que não me conhecia! Minha mãe então, disse a ela: “Essa é Aila. A minha filha mais velha, lembra?” Ela prontamente olhou pra mim mais uma vez, e com a cara assustada e levando as mãos a boca, disse: “Meuuuu deeeeusssss”. E levou a conversa com olhar de quem condena sua aparência! Por mais que eu me fortaleça, algumas coisas ainda me espantam e entristecem. Voltei pra casa reflexiva sobre isso! Fui tirar minha roupa, olhei no espelho e ele gritou pra mim: “Ei! Olha aqui que mulherão da porra!” Olhei a imagem… namorei ela durante um tempo e pensei… Coitada desta moça! Quem está em paz consigo, não tem tempo de oprimir e magoar ninguém!! Eu estou de bem comigo mesma, e adoro o que o espelho reflete! E isso é o que importa! SE SENTIR BEM! ESTAR FELIZ! Logo mandei a “bad” ir embora, e tirei essa foto pra compartilhar com vocês essa imagem que eu achei LINDA😜. Tenham Cuidado com as pessoas! Incentive as pessoas SEMPRE! A vida já é tão complicada… Não sabemos as batalhas que cada pessoa está vivendo! Sempre, em qualquer hipótese… seja solidário! Tenha empatia! Respeite as pessoas! E se achar que vai falar o que não deve… se coloque no lugar do outro, pense se você gostaria de ouvir aquilo, lembre se alguém te pediu opinião, e CALE A PORRA DA BOCA! Rsrs! Mais AMOR por favor🙏🏻 #ailamenezes #brasil #brazil #plussizefashion #plussizeworldwide #plus #plussize #plussizebrasil #belezaplus #belezaplussize #modaplus #modaplussize #plusmodel #plussizefashion #plusfashion #cachos #cacheada #curl #curls #body #bodypositive #bodypositivy #tamanhogg #curvy #Curvysexy #curvymodel #curvywoman

Uma publicação compartilhada por ᗩIᒪᗩ ᗰEᑎEᘔEᔕ (@ailamenezes) em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *